CEO da Conn­vert

Alber­to Fer­rei­ra

Orgu­lho de Ser­vir,
Orgu­lho de Ser Essen­ci­al

   2020 ESTÁ SEN­DO UM ANO ATÍ­PI­CO, do qual lem­bra­re­mos por mui­to tem­po.

   O ano come­çou como qual­quer outro, porém com a expec­ta­ti­va de que pode­ria ser um bom ano para a eco­no­mia no Bra­sil. Afi­nal, pre­ci­sá­va­mos mui­to dis­so, pois há tem­pos o País está caren­te de boas e con­sis­ten­tes notí­ci­as econô­mi­cas.

   Na Flex, gran­des mudan­ças havi­am sido colo­ca­das em movi­men­to. Depois de dez anos de his­tó­ria, uma nova estru­tu­ra foi implan­ta­da, com a cri­a­ção de duas novas empre­sas – a Code7 e a CXd­zain – e uma hol­ding estra­té­gi­ca – a Conn­vert –, para fazer a ges­tão do Gru­po.

   Em meio a tudo isso, a Covid-19 che­gou, sem avi­sar e sem pedir per­mis­são, e nos obri­gou a repla­ne­jar tudo. E rápi­do! Hoje, quan­do olha­mos para trás, vemos que tínha­mos ape­nas uma ideia par­ci­al do tama­nho do impac­to que o vírus cau­sa­ria. O ser­vi­ço pres­ta­do por con­tact cen­ters foi con­si­de­ra­do essen­ci­al, no Bra­sil e no mun­do, duran­te a pan­de­mia, o que foi uma deci­são mui­to acer­ta­da. Tínha­mos essa con­vic­ção no iní­cio da pan­de­mia, mas, hoje, não nos res­ta nenhu­ma dúvi­da.

   Um arti­go mui­to inte­res­san­te, publi­ca­do em um impor­tan­te por­tal de infor­ma­ções sobre a área da saú­de, tra­ta des­se tema. O títu­lo é “Call cen­ters têm um papel-cha­ve no pla­ne­ja­men­to em uma pan­de­mia”. Nós vimos e vive­mos esse papel nos últi­mos meses. O mais curi­o­so, entre­tan­to, é que esse arti­go foi publi­ca­do em 2008, antes da pan­de­mia do H1N1, de 2009.

   A con­ti­nui­da­de da vida sem­pre este­ve aci­ma de qual­quer outra dire­triz. Na Conn­vert, toma­mos todo o cui­da­do para garan­tir o máxi­mo de pro­te­ção con­tra o vírus. As pes­so­as sem­pre foram, e con­ti­nu­am sen­do, a nos­sa mai­or e mais impor­tan­te pri­o­ri­da­de. Mas dar con­ti­nui­da­de à vida é mais do que sobre­vi­ver. É via­bi­li­zar a con­ti­nui­da­de dos negó­ci­os, do con­su­mo, do aces­so aos ser­vi­ços de saú­de e de tan­tos outros aspec­tos que nun­ca ima­gi­na­mos não ter dis­po­ní­veis.

   Nós, da Conn­vert, temos mui­to orgu­lho dos nos­sos cola­bo­ra­do­res, que foram, de fato, essen­ci­ais, e que man­ti­ve­ram – e man­têm –, até ago­ra, um altís­si­mo nível de pro­fis­si­o­na­lis­mo.

   E isso me faz ter cada vez mais orgu­lho de fazer par­te des­ta empre­sa e des­te seg­men­to, aten­den­do e ser­vin­do cli­en­tes e con­su­mi­do­res.

   Afi­nal, somos essen­ci­ais.