Juli­a­no Ohta, da Telha­nor­te — Foto: Dou­glas Luc­ce­na
revista-consumidor-moderno-categoria-entrevista-com-ceo-ed255

SHOW DE GES­TÃO

Juli­a­no Ohta, CEO da Saint-Gobain Dis­tri­bui­ção Bra­sil, con­ta os segre­dos da Telha­nor­te para enfren­tar a cri­se
POR ESTE­LA CAN­GE­RA­NA

capa­ci­da­de de dar res­pos­tas rápi­das a gran­des trans­for­ma­ções e a digi­ta­li­za­ção do con­su­mo são desa­fi­os para qua­se a tota­li­da­de das empre­sas de vare­jo duran­te a cri­se do novo coro­na­ví­rus. Mas, o que para algu­mas tem sido um pesa­de­lo, para outras se tor­nou fator de des­ta­que, com a des­co­ber­ta de pos­si­bi­li­da­des de evo­lu­ção. Sem mini­mi­zar os mui­tos pro­ble­mas que impac­ta­ram nega­ti­va­men­te uma par­te dos negó­ci­os, os home cen­ters Telha­nor­te e Tume­le­ro, ban­dei­ras da Saint-Gobain Dis­tri­bui­ção Bra­sil, estão entre as com­pa­nhi­as que têm con­se­gui­do enxer­gar opor­tu­ni­da­des. O dis­tan­ci­a­men­to soci­al trou­xe mai­or pro­xi­mi­da­de das lide­ran­ças com os cola­bo­ra­do­res, o desen­vol­vi­men­to de novos – e cri­a­ti­vos – canais de ven­das e o aumen­to da iden­ti­fi­ca­ção com o públi­co con­su­mi­dor. No cen­tro de todas essas mudan­ças, o CEO Juli­a­no Ohta con­ta como vem con­du­zin­do a empre­sa em meio ao cená­rio total­men­te impre­vi­sí­vel des­te ano.

Assis­ta a entre­vis­ta com­ple­ta abai­xo: